Revista Profissional do Exército dos EUA

Edição Brasileira

Carta do editor

Descargar PDF Descargar PDF

Miguel Severo, Editor-Chefe das Edições em Línguas Estrangeiras

No momento em que celebramos o 75o aniversário das primeiras publicações da Military Review em espanhol e português, gostaria de ressaltar como tiveram início as edições latino-americanas da revista.

Em 1938, os Estados Unidos deram início a um programa unilateral destinado a fortalecer as defesas do hemisfério ocidental. Naquela ocasião, as missões militares dos países do Eixo por toda a América Latina eram vistas pelo governo norte-americano como algo nocivo à segurança do hemisfério. Assim sendo, o governo determinou ao Departamento da Guerra que criasse um programa para suplantar tal ameaça.

Em janeiro de 1942, os Estados Unidos convocaram uma reunião de consulta com a participação de ministros estrangeiros, com o intuito de solicitar a cooperação dos países latino-americanos na defesa hemisférica contra eventuais agressões de potências do Eixo. Ao término da reunião, realizada na cidade do Rio de Janeiro, os Estados Unidos haviam obtido o apoio da maioria das nações ali representadas.

No final de 1944, a Military Review foi reconhecida pelos funcionários do Departamento da Guerra como uma respeitada publicação sobre os conceitos e doutrina castrenses norte-americanos. Ela representava um meio natural para atualizar os militares latino-americanos sobre os princípios teóricos mais recentes do Exército dos Estados Unidos. Dessa forma, o Departamento da Guerra cogitou um novo papel para a Military Review, vendo-a como um possível recurso para apoiar os planos de desenvolvimento de um sistema permanente de defesa por toda a região.

Com isso em mente, o Departamento da Guerra começou a estudar a possibilidade de publicar a Military Review em espanhol e português, para distribuí-la às nações do continente. Essa sugestão foi prontamente aceita por todos os oficiais norte-americanos mais antigos servindo na América Latina e, em 28 de outubro de 1944, foi recebida a aprovação do Departamento de Estado, pelas mãos de Joseph E. Johnson, da Divisão de Análise e Ligação junto às Repúblicas Americanas.

A Escola de Comando e Estado-Maior dos Estados Unidos estava apta a iniciar a publicação das duas novas edições e, em abril de 1945, os primeiros exemplares já estavam prontos. A divulgação inicial informou o público sobre as novas edições e assegurou aos nossos vizinhos hispano-americanos e brasileiros o nosso empenho em traduzir o texto em inglês da forma mais fiel possível, bem como produzir uma revista técnica, informativa, interessante e instrutiva.

Ao longo dos anos, a revista passou por várias mudanças positivas, como a inclusão de imagens a cores, nova diagramação e atualização das diretrizes para a apresentação de artigos, sempre com o intuito de tornar a leitura mais agradável. Em anos recentes, aumentamos nossa presença nas mídias sociais e incluímos trabalhos de autores de destaque dos Estados Unidos e de outros países. Os artigos da Military Review se baseiam na pesquisa e na experiência. Nosso rigoroso processo de seleção garante que eles se originem de fontes confiáveis.

Esperamos que vocês continuem a compartilhar a revista com seus amigos, colegas e outras organizações. Ela está disponível on-line em http://www.armyupress.army.mil/.

Miguel Severo

Editor-Chefe das Edições em Línguas Estrangeiras

Segundo Trimestre 2020