Revista Profissional do Exército dos EUA

Edição Brasileira

Artigos em Destaque

Seleção de artigos publicados em edições anteriores, que foram atualizados segundo nossos padrões de estilo vigentes. Os artigos foram escolhidos com base em sua qualidade e relevância em relação a temas atuais.

Supervisor de cargas de uma aeronave Hercules C-130 lança caixa com dez mil panfletos de advertência no Afeganistão. As operações psicológicas iniciais no Afeganistão se concentraram em convencer os combatentes inimigos a se renderem.

O Futuro das Operações de Informações

Major Walter E. Richter, Exército dos EUA

As Op Info hoje visam a influenciar atitudes e ações dentro de uma área de interesse, apresentando a um público-alvo informações verdadeiras. Teoricamente, esse processo tem o potencial de substituir a violência.

(Data de publicação original: Military Review Edição Brasileira Maio-Junho 2009)


FOTOMONTAGEM: (canto superior esquerdo) O sargento Robert Troxler, do Exército dos EUA, operador de rádio, com a equipe de fibra ótica da 25a Divisão de Infantaria, dentro de uma câmara de comunicação com água até o joelho, enquanto puxa os cabos de fibra ótica através da tubulação enterrada em Bagram, Afeganistão, 22 de março de 2009. (2o Sgt Marcus Butler, Exército dos EUA)

Como Entender a Inovação

Cel Thomas M. Williams, Reserva do Exército dos EUA

Ao discursar para a turma de formandos na Academia Naval dos Estados Unidos em 2001, o ex-presidente George W. Bush declarou seu compromisso com uma cultura militar de assumir riscos e de pensamento avançado e com o reconhecimento e promoção de líderes visionários

(Data de publicação original: Military Review Edição Brasileira Novembro-Dezembro 2009)


Instruções de segurança com soldados e praças da Força Aérea da equipe de reconstrução provincial de Kapisa-Parwan, na base avançada de operações Morales-Frazier, na Província de Kapisa, Afeganistão, 13 de agosto de 2009, antes de uma missão. (Departamento de Defesa, Sgt Teddy Wade)

Competência X Caráter? Ambos São Necessários!

Ten Cel Joe Doty e
Maj Walter Sowden, Exército dos EUA

Visualize um Exército no qual os soldados nunca tenham de assistir a aulas e a slides de PowerPoint sobre ética e liderança. Imagine um Exército sem aulas que se concentrem exclusivamente nos sete valores do Exército. Considere um Exército no qual o desenvolvimento de caráter é intencionalmente parte de, literalmente, tudo o que fazemos. Parece fantasioso e absurdo? Não deveria.

(Data de publicação original: Military Review Edição Brasileira Março-Abril 2010)


Aterrissagem de um MQ-9 Reaper depois de missão em apoio à Operação Enduring Freedom, Afeganistão, 2007. (2º Sgt Brian Ferguson, Força Aérea dos EUA)

A Morte que Vem de Cima: Os VANT e a Perda de Corações e Mentes

Jeffrey A. Sluka

Hoje em dia, o emprego dos VANT vem sendo alardeado como o “futuro da guerra”, como a “única coisa boa a resultar da guerra contra o terrorismo” e como uma arma eficaz e precisa de contraterrorismo e contrainsurgência. Entretanto, a noção de que os VANT custam menos em vidas e recursos e a visão otimista de que virão, um dia, a retirar, completamente, os soldados de situações perigosas estão começando a parecer propostas duvidosas.

(Data de publicação original: Military Review Edição Brasileira Maio-Junho 2013)


Integrantes do 3º Esquadrão de Operações de Suporte Aéreo, da Força Aérea dos EUA, conduzem um treinamento conjunto com militares do Exército dos EUA, Área de Treinamento Donnelly, Alasca, 14 Jun 11.

A Tecnologia Não é Neutra: O Perigo Imprevisto das Operações Capacitadas por Redes

Christine G. van Burken

Existem perigos imprevistos que podem afetar a tomada de decisões em ambientes de rede, especificamente o compartilhamento de imagens de vídeo ao vivo, originadas de sistemas tripulados ou não tripulados. O tema central deste artigo se relaciona com a interação entre o homem e a tecnologia durante operações capacitadas por redes.

(Data de publicação original: Military Review Edição Brasileira Julho-Agosto 2013)