Revista Profissional do Exército dos EUA

Edição Brasileira

Primeiro Trimestre 2017

Capa Primeiro Trimestre 2017

Primeiro Trimestre 2017

Índice

Baixar PDF Baixar PDF

Olimpíadas Rio – 2016: Uma Leitura Geopolítica

Gen Ex Paulo Cesar de Castro, Exército Brasileiro

Este artigo se propõe a analisar como o poder dos estados se reflete no esporte e expressa o respectivo desenvolvimento cultural.


Avaliação Estratégica da Política de Defesa da Bolívia

Cristián Faundes

Considerando o acelerado crescimento econômico da Bolívia ao longo da última década, assim como a crescente sofisticação de seu processo de formulação da política de defesa, parece oportuno realizar uma avaliação, de um ponto de vista estratégico, de seus recursos militares disponíveis e atual doutrina, no que tange à consecução dos futuros objetivos de sua política nacional.


Um Processo de Aquisição Estratégico para uma Inovação Eficaz

Ten Cel Rafael Rodriguez; Maj William Shoemate; Maj Justin Barnes; Sra. Karen Burke

Com as mudanças certas no processo de aquisição, o Exército pode garantir que a Força permaneça adaptável por meio de inovação eficaz.


Entendendo o Inimigo Atual: Os Grandes Estrategistas da Jihad Moderna

Sebastian Gorka

Para compreender a estratégia do movimento jihadista global da atualidade, faz-se necessário entender as obras de um pequeno grupo de islamistas, que redigiram os mais importantes textos estratégicos sobre a guerra contra os “infiéis”: Sayyid Qutb, Ayman al-Zawahiri, Gen S. K. Malik e Anwar al-Awlaki.


“Recomendar o Bem”: A Moralidade Islâmica e por que ela Importa

Capelão (Maj) Seth H. George, Exército dos EUA

Para ajudar a entender qual pode ser o papel dos EUA em derrotar o EI e outras organizações jihadistas, este artigo apresentará duas ideias que talvez sejam novas para a maioria dos leitores: um dever moral e legal islâmico chamado “recomendar o bem e proibir o ilícito” e como os jihadistas criaram uma narrativa populista, usando esse dever para estabelecer sua própria legitimidade moral e legal.


O Colapso da Coreia do Norte ou a Reunificação Coreana: A Importância da Preparação sobre a Previsão

Bryan Port

A preparação para um colapso da Coreia do Norte ou uma reunificação das Coreias é mais importante do que a sua previsão — presumindo que, em algum momento, enfrentaremos essa situação sem nenhum esforço direto para provocá-la. A preparação é fundamental devido à importância estratégica desses possíveis acontecimentos.


A Fórmula de Lenin para Moldar a Opinião Pública pelo Agendamento

Cel (Res) William M. Darley, Exército dos EUA

Lenin utilizou três conceitos interligados para definir uma pauta de questões públicas que facilitou sua tomada e consolidação do poder político na Rússia nos idos de 1917. Neste artigo, a relação entre os conceitos é demonstrada por meio do desenvolvimento gradual de um modelo rudimentar, que visa a elucidar como cada um deles se relaciona com os demais no processo de definição da pauta de debate público, ou agendamento.


Treinamento para a Ação Decisiva

Major Will Shoemate, Exército dos EUA; Major Benjamin Jensen, Exército dos EUA

Este artigo discute formas em que o Exército pode prover o treinamento que garantirá que as unidades estejam prontas para conduzir operações terrestres unificadas por meio de ação decisiva.


O Perigo das Ilusões — e Como Evitar que Essas Causem Conflitos: Uma Perspectiva sobre a China

Cel Michael J. Forsyth, Exército dos EUA

Para evitar mal entendidos e as subsequentes consequências que possam ocorrer, os Estados Unidos precisam esforçar-se para desfazer a noção de que os EUA estão tentando conter a China.


Contracapa

O Coronel de Infantaria Danilo Mota Alencar assumiu a função de Oficial de Ligação do Exército Brasileiro junto ao Centro de Armas Combinadas do Exército dos EUA e Redator-Assessor da Edição Brasileira da Military Review, no Forte Leavenworth, Kansas, no dia 20 de junho de 2016. Nascido na cidade de Fortaleza, incorporou-se às fileiras do Exército em 1983 na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, Campinas/ SP, sendo declarado Aspirante a Oficial em dezembro de 1989.